Guerreiro do Divino Amor

Guerreiro do Divino Amor, 1983 | Rio de Janeiro, RJ
guerreirododivinoamor.com

Mestre em arquitetura. Sua pesquisa explora as “superficções”, forças ocultas que interferem na construção do território e do imaginário coletivo. Constrói um universo de ficção científica a partir de fragmentos de realidade, tomando forma de filmes, publicações e instalações. Participou de exposições na Fundação Iberê Camargo, Casa França-Brasil, MAR, CAC de Vilnius (Lituânia) e Arte Pará 2018. Também em 2018, realizou a individual “Superficções” no Paço das Artes/MIS-SP.

Capítulos inéditos do Atlas Superficcional Mundial: O Mundo Mineral & a Cristalização de Brasília 

Guerreiro do Divino Amor produziu mais um capítulo da série Atlas Superficcional Mundial. Depois de Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília (finalista da edição 2019 do renomado prêmio PIPA), o artista inclui Minas Gerais em sua ficção superrealista. O artista vem realizando uma análise crítica da sociedade brasileira a partir de estudos multidisciplinares sobre cidades, trazendo o excesso como recorrente recurso de linguagem e investigando as múltiplas ficções e mitos em torno delas. Chama atenção a imaginários coletivos concorrentes que, sobretudo, por meio de canais midiáticos, rondam as metrópoles brasileiras.