Programação

O Bolsa Pampulha oferece uma programação aberta ao público, com ações mensais. Oficinas serão conduzidas por artistas visitantes, e falas abertas pelas curadoras que integram a comissão de acompanhamento. Além dessas, ações serão oferecidas pelos bolsistas, durante o período de residência, e acompanhando a programação da exposição.

No

C U R A D O R A S
E   A R T I S T A S   C O N V I D A D A S

‘A CONSTRUÇÃO DE UM
VOCABULÁRIO ANTICOLONIAL’
COM BEATRIZ LEMOS
→ VEJA O REGISTRO


‘A ARTE COMO RESPOSTA
À CRISE SOCIAL QUE VIVEMOS

COM VIRGÍNIA DE MEDEIROS

→ VEJA O REGISTRO


‘SERTÃO: PROJETOS DE EXPERIMENTAÇÃO,
PROJETOS DE RESISTÊNCIA’
COM JÚLIA REBOUÇAS
→ VEJA O REGISTRO


‘DO ARQUIVO À CIRCULAÇÃO DAS IMAGENS
E DE VOLTA PARA O ARQUIVO’
COM ROSÂNGELA RENNÓ
→ VEJA O REGISTRO


‘COMO ENSINAR O QUE NA
REALIDADE SE QUER APRENDER?’
COM MÔNICA HOFF
→ VEJA O REGISTRO


‘FOTOGRAFIA E MEMÓRIA’
COM ALINE MOTTA
→ REGISTRO EM BREVE


A R T I S T A S
B O L S I S T A S

UMUARAMA
MUTIRÃO DE PLANTIO DE MANDIOCA

COM SALLISA ROSA
→ REGISTRO EM BREVE


IMAGEM E DECOLONIZAÇÃO
OFICINA DE CARTAZES
COM SALLISA ROSA
→ REGISTRO EM BREVE


GALERIA ITINERANTE DANDARA

‘SE ESSA RUA FOSSE MINHA’
COM DESALI
→ REGISTRO EM BREVE


NAVIOS DE TERRA
EXIBIÇÃO E SESSÃO COMENTADA
COM SIMONE CORTEZÃO
→ REGISTRO EM BREVE


PESCADOR TECENDO REDE É ARANHA
OFICINA DE REDE DE PESCA
COM DAVI NASCIMENTO
→ REGISTRO EM BREVE

E X P O S I Ç Ã O   7ª   B O L S A   P A M P U L H A 
ABERTURA: 14 SETEMBRO, 14H
MUSEU DE ARTE DA PAMPULHA
TERÇA A DOMINGO – 9H ÀS 18H


UMUARAMA: CONVERSA AO PÉ DA FOGUEIRA
14 SETEMBRO, 15H ÀS 20H
AÇÃO COM SALLISA ROSA

No contexto da exposição, Sallisa propõe uma conversa ao pé da fogueira. Todos serão convidados a fazer comida, que é a base da alimentação dos povos originários de Abya yala (nome indígena para América): mandioca, milho, batata, peixe, pajuaru. Uma fogueira será construída no terreno anexo ao museu, onde ocorrerá conversa no modo indígena, com cantos e histórias.
+ sobre sallisa rosa


TÁTICAS DE (IN)VISIBILIDADE
18 SETEMBRO, 18H ÀS 21H
OFICINA COM SARA LANA
INSCREVA-SE

Pontos cegos e rotas invisíveis – No encontro do dia 18, Sara fará uma apresentação inicial de seu projeto ‘Pontos Cegos’, seguida de uma caminhada com o grupo pelo hipercentro de BH, com intuito de mapear, coletivamente, as câmeras de segurança do perímetro percorrido. Com o mapa construído, o grupo fará o primeiro teste do Traçador de Rotas de invisibilidade. A oficina acontecerá no Centro de Referência da Juventude.
+ sobre sara lana